Use a Espada do Espírito  

Pr. Leonardo Félix

 

 

Eu gosto da maneira como os personagens e escritores bíblicos utilizam certas imagens para trazer ensinamentos espirituais à igreja. Jesus fez isso com muita maestria. Por exemplo, ele utilizou a figura do semeador para falar das várias maneiras do coração receber a verdade; também viu na agricultura plantas que serviam para mostrar algumas relações no reino de Deus, entre elas: a videira, o joio, o trigo, a mostarda etc.
O apóstolo Paulo também adotou o uso de objetos concretos para ensinar princípios espirituais. Ele comparou a igreja a um corpo físico (1 Co. 12:12-26). Por meio dessa imagem nos ensinou que a igreja de Deus é um organismo onde há um único propósito ditado pelo Cabeça, ainda que as partes desse corpo sejam distintas, à semelhança do corpo humano.
Chama-me muito a atenção outra figura usada pelo apóstolo, a espada. Às vezes ouço alguns cristãos

dizerem que carregam uma espada , referindo-se à Bíblia. O fato é que a palavra de Deus  é muitasvezes assemelhada nas Escrituras com esse instrumento de guerra. Ela é a espada do Espírito, segundo ensina Paulo (Ef. 6:17); como uma espada de dois gumes, é capaz de penetrar o mais profundo da alma (Hb. 4:12).

   Com ela estamos preparados para combater o inimigo. Com a palavra do Senhor podemos desmontar as artimanhas do diabo. Uma espada tanto pode desferir golpes, como defender dos ataques do adversário. Com a palavra de Deus em mente estamos com a espada do Espírito empunhada para nos defender dos ataques espirituais.

   É preciso saber usar bem a espada do Espírito. Nenhum guerreiro conseguirá subsistir numa batalha se não consegue pelo menos levantar sua arma. Infelizmente há muita gente que não sabe como utilizá-la.

   Vou dizer como podemos fazer isso. Antes de tudo, é importante que tenhamos a fé nas Escrituras como a palavra de Deus. Ela é a revelação verbal da vontade de Deus para os homens. Ao lê-la estamos ouvindo diretamente o que o Pai planejou para as nossas vidas através do seu Filho, Cristo Jesus, e o que espera de nós. Sendo assim, usar a espada do Espírito, que é a palavra de Deus, é o mesmo que conhecer a sua vontade e obedecê-la em todos os momentos de nossas vidas.

   O nosso inimigo luta com todas as forças para nos tirar da vontade do Senhor. Foi assim com Jesus, quando o Mestre, levado ao deserto, foi tentando a conquistar o seu reinado se omitindo do Calvário. Todo o seu ministério foi realizado em oposição ao diabo. Todas as vezes que uma seta era lançada, Jesus rebatia permanecendo firme na vontade do Pai.

   Quando viu o caminho da cruz sua alma angustiou-se, porém não saiu da vontade de Deus, mas se entregou a ela em obediência. As palavras de Jesus em meio ao confronto espiritual foram: “Meu Pai, se não é possível passar de mim este cálice sem que eu beba, faça-se a tua vontade” (Mt. 26:42). A resistência de Jesus estava fundamentada na vontade de Deus. Em obediência a ela o inimigo não teria vez. Da mesma forma devemos persistir na vontade de Deus.

  

Esteja sempre com a espada do Espírito empunhada. Para isso, persista em obedecer ao Senhor, mesmo que isso te custe muito. Sua aparente derrota nesse mundo em nome da vontade do Pai é um golpe certeiro no diabo. Esvazie-se de sua vontade e encha-se da palavra de Deus e você terá em mãos uma arma letal contra o inimigo.

 

 

Fonte: Crítica Sagrada