Sonhos frustrados: Como lidar com esta situação

Por: Valdize Luna

 

 

 

Durante nossa vida, aprendemos a sonhar, a ter muitos sonhos. Muitos deles serão realizados, outros não.
Todo jovem sonha construir uma história de vida com alguém que ama. Porém perder a namorada, o noivo, o esposo, a esposa, significa perder um futuro sonhado.
Como encontrar forças para continuar a caminhada e projetar novos alvos? Como passar pelo luto? Como enfrentar a perda ou a viuvez  com coragem?

Apesar de tudo, é necessário que nunca deixemos de crer na fidelidade de Deus e na sua provisão, pois Ele nunca nos abandonará. Aprenda a esperar "NELE".

Nas horas mais difíceis que, porventura, eu e você estivermos passando, saibamos esperar em Deus, e esperar com paciência como fez o salmista Davi, que escreveu: "Esperei com paciência no Senhor." (Salmo 40:1 a). Durante suas tribulações e lutas, Davi soube esperar no Senhor.

 

Precisamos ter reservas espirituais dia após dia, vindas de Deus, para podermos esperar com paciência no Senhor, e continuar a caminhada.

 

Admiro muito a águia; ela é um exemplo vivo do que significa esperar  no Senhor. Nosso Deus colocou nela um instinto de desfazer-se de tudo que lhe é precioso para ter a sua vida renovada; para ter novamente suas garras fortes para, só então, poder agarrar suas presas, buscar de seu próprio alimento para preservação da sua vida. Quando ela atinge a metade de sua idade precisa passar por um processo difícil; com o seu bico forte e grande, ela arranca suas plumas; e, por fim, a sua aparência é de um bicho feio. Mas ela entrega-se totalmente a Deus que lhe deu a vida e Ele a renova e continua cuidando dela.
Procuremos ler um pouco sobre a história das águias. Que possamos confiar e esperar com paciência no Senhor.
Se Deus cuida da águia, quanto mais de nós; pois somos seus filhos.

Aprendamos a esperar com paciência nas lutas e tribulações, na bonança e na tempestade. A esperar em todas as situações, sabendo que Ele cuida de cada um que confia  "Nele'   Ele quer conceder-nos coisas maravilhosas e muitas  vezes é necessário passarmos por provas duras e difíceis.Quantos amados hoje choram pela perda de um emprego, pela saúde que se acabou, pela família desestruturada, pela perda de um ente querido; etc.    Aprendamos a esperar com paciência  no Senhor como Ana (1 Samuel 1.1-28), como Davi (Salmo 40),  e tantos outros que esperaram crendo.
Deus é nosso refúgio, na sua presença as angústias desaparecem e as grandes ondas de sofrimento ficam para trás.
Que possamos nos entregar ao Senhor sem reservas e confiarmos totalmente Nele, só assim os nossos sonhos ressuscitarão, serão renovados, e a alegria e a fé continuarão fortalecidas e o nosso amor por Ele sempre existirá.

 

 

(A irmã Valdize escreveu este Artigo em 2009, quando o seu esposo, o nosso saudoso irmão Matias ainda estava vivo).