O Senhor de esperança  

Patrick Cezar

 

 

Aquecimento global, violência urbana, balas perdidas, assaltos à mão armada, crises econômicas, desemprego, morte, falência, doenças. Temores que nos rodeiam diariamente e com os quais cada ser humano passa a vivenciar um sentimento de desesperança para com o amanhã, para com os seus projetos para futuro e para com sua própria vida.

A cada dia a nossa mente é povoada por questionamentos que muitas vezes nos tiram o sono. O que me acontecerá amanhã? Como fazer projetar o meu futuro diante de um mundo cheio de inseguranças e sem estabilidade?“Como será o amanhã?”, dizia o poeta, “responda quem souber” e ele mesmo responde: “Quem sabe é Deus!”. Realmente só Deus possui esta capacidade de conhecer o amanhã. Ele é a esperança do amanhã.

Os homens padecem por causa de seus próprios pecados, falava o profeta Jeremias (cf. Lm. 3.39),

e por esta razão não conseguem olhar para o amanhã com esperança, pois preferem caminhar seguindo por suas próprias vontades e na vista de seus próprios olhos.
Realmente, quando retiramos Deus da nossa realidade e vida sofremos o mal de não conseguirmos viver a esperança do amanhã. O homem sem Deus é perdido em suas angústias e desesperanças.
Quando os nossos olhos estão postos em Cristo podemos esperar o amanhã com a certeza de que “o nosso Redentor vive” O grande Rei esta no trono. Nada foge ao seu controle. Ele é Deus e “por fim se levantará sobre a terra”. (Jó 19.25).
Podemos afirmar que Jó foi um homem que mais presenciou as mudanças circunstanciais que o mundo pode apresentar. Acordou com todas as suas propriedades e dormiu sem nenhuma delas. Com seus filhos e filhas e depois sem nenhum deles. Com saúde plena e depois a sua pele foi tomada por tumores e úlceras que exalavam um odor insuportável.

Mas, nenhuma destas circunstâncias, aparentemente sem sentido, o fez perder de vista a certeza de que “Bom é esperar no Senhor e isto em silêncio”. Aguardar pela salvação do Senhor bem tranqüilo. Sem murmurações ou atos de irreverência, mas com um coração disposto a aprender e confiar que Deus esta assentado sobre os problemas e circunstancias adversas. Temos que possuir a visão do salmista – “OSENHOR se assentou sobre o dilúvio; o SENHOR se assenta como Rei, perpetuamente”. (Sl. 29.10).

 

Quem espera muitas vezes não gosta de ficar em silêncio. Uns gritam, brigam e reivindicam os seus direitos, pois se acham injustiçados. Esperar no Senhor significa ter a plena certeza que ele vai intervir e por mais que as circunstâncias pareçam ser contrárias ou apontem para o impossível, Deus continua sendo Deus. Ele está assentado sobre o trono!
A esperança é fruto de pessoas que têm em suas vidas o Deus de toda esperança participando e conduzindo os seus passos. Jó pôde declarar que a sua esperança era o Senhor, pois tinha em seu coração a certeza que não eram as circunstâncias que iriam lhe roubar a presença do Senhor e por isso pôde declarar: “Ainda que ele me mate, nele esperarei; contudo os meus caminhos defenderei diante dele”. (Jó 13.15). Isto não é confiança cega, mas uma confiança pautada na certeza de que Deus é Deus.
Deus se manifesta em nossas vidas, nos momentos adversos, como Deus Emanuel, O Deus Presente, o Deus Conosco, por isso que podemos descansar tranqüilos, pois
“ainda que as águas rujam e espumem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus,o lugar santo das moradas do Altíssimo.Deus está no meio dela; não será abalada;Deus a ajudará desde o raiar da alva.Bramam nações, reinos se abalam;ele levanta a sua voz, e a terra se derrete.O Senhor dos exércitos está conosco;o Deus de Jacó é o nosso refúgio...Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus;”(Salmo 46.3-7 e 10a).

Bom é esperar pela ação do Senhor, pois Ele é Deus. Ele é Soberano! Ele é Senhor sobre tudo e sobre todos.

 

Então, não importa o que os homens maus façam ou digam, Deus esta no controle do Universo; não importam as circunstâncias, Ele é Deus; não importa a ausência dos amigos e familiares, Ele é Deus; não importa o que o Diabo, com suas mentiras, venha nos tentar para nos afastar do alvo, Ele é Deus. Podemos ter esperança no amanhã, pois Ele é Deus e “nenhum dos teus propósitos pode ser impedido”. (Jó 42.2)
Deus é Deus e continua no controle das nossas vidas; Ele continua no controle do Universo, por mais que as circunstâncias me digam o contrário. Posso confiar em sua ação por que Ele é o Deus de toda a Esperança.

 

“Quando os que têm temor de ti me virem, se alegrarão, pois na tua palavra colocarei a minha esperança”. (Salmo 119.74 – NVI)