Aos casados  

Valdize Luna

 

 

 

Quando leio o livro de 1 Reis 3:3-9, observo que  Salomão  podia ter pedido para Deus tudo que quisesse, mas ele escolheu pedir "sabedoria". Assim também, no casamento, o casal deve pedir sabedoria ao nosso Deus, a cada dia, para educar os filhos, para administrar o lar, para conversar e dialogar com o cônjuge e com os filhos. Às vezes o casal começa entrar em crises por falta da comunicação e o pouco que se comunica não o faz com sabedoria e mansidão.

Na Bíblia Sagrada, no livro dos Salmos 37:11, lemos que os mansos herdarão o reino de Deus. Porém vivemos dias em que ninguém quer ser manso; muitos se ofendem por nada ou por pouca coisa, não toleram nada e continuam na casa de Deus, orando, louvando, participando da santa ceia; não perdoando, mas querendo o perdão.  E isto está sendo vivido também entre os casais que estão na igreja.


É possível um casamento começar bem e terminar mal. É possível  começar na dependência de Deus e perder o temor de Deus no meio do caminho. É possível começar com alegrias e terminar com feridas e mágoas. É possível viver um casamento dentro da vontade de Deus e destruí-lo com as próprias mãos. Procure vivenciar seu casamento colocando os princípios bíblicos nele: a Aliança, sendo os dois uma só carne; o papel de cada um dentro do relacionamento e dentro do Lar; semeando e colhendo perdão; visão de fé e confiança; orar juntos; acordo; fluindo juntos no espírito;  intimidade; batalha espiritual; estilo de vida e, ainda, especialmente, usar as armas que Deus tem dado para cada um de vocês, as quais não podem ser armas carnais, mas espirituais:
Porque as armas da nossa milícia não são carnais,mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;” (2 Coríntios 10:4); “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.” (Efésios 6:12).

Não existe casamento perfeito, porém  quando casamos,  fomos chamados por Deus para a função de marido e esposa. É a unção d'Ele que nos capacita a cumprir o chamado, à proporção que Ele é quem nos dirige.
Peça sabedoria a Deus para conduzir seu casamento. Ele foi planejado por Deus para ser um casamento vibrante e dinâmico de amor que cresce e se aprofunda cada vez mais. E quando um dia a morte separar vocês, aquele que ficar sempre recordará com saudade o que foi vivenciado por cada um.